quinta-feira, 29 de julho de 2010

E o que eu quero?

Já disse o que eu sou, nem esgotei o assunto. E aí pensei e pensei sobre o que eu quero:



Pode parecer clichê, mas quero amor, amor, pra dar e vender.
Quero ser magra. Pra sempre. Na verdade queria comer de tudo sem engordar, mas não é possível, então tenho que me conformar.
Quero morar no Rio. Mas com vista pro mar. De preferência na Lagoa ou Ipanema (não quero mais nada, né?).
Quero poder viajar todas as férias. Quero conhecer o Brasil inteiro. E sempre voltar nos lugares que gosto mais. E conhecer tbm vários países.
Quero amar meu marido pra sempre e que ele me ame tb.
Quero ter uma filha, mas ainda não escolhi o nome dela. Mas já escolhi a decoração do quarto: fadas. Se tiver um menino, já escolhi o nome e a decoração, mas é segredo (é que eu achei a minha idéia fantástica, tenho medo que me copiem). E já sei o piso que quero.
Quero que meu filho João seja um cara legal. Aliás, ele já é. mas quero que ele se torne um cidadão de bem e um adulto responsável. Esse é o meu desejo pra todos os meus filhos e todos os filhos do mundo. E quero ser sempre amiga do(s) meu(s) filho(s).
Quero ter um milhão de amigos e bem mais forte poder cantar, lá lálá
Quero que minhas amigas de infãncia sejam minhas amigas pra sempre. E as amigas de adolescência, faculdade,maridos e mulheres desses amigos, amigos do Leo, mulheres dos amigos do Leo, amigas de trabalho, virtuais, de família, amigos dos amigos, amigos feitos na vida tbm sejam pra sempre. Não sou o tipo de pessoas que acha que já tem amigos o suficiente.
Não custa nada desejar, queria um pouco mais de filtro entre o pensar e o falar.
Queria ter uma casa com um quintal e um labrador.
Queria saber fazer algum tipo de artesanato. Queria fazer alguma dessas coisas por hobby.
Queria fazer trilha sonora pra restaurante e lojas. E viver disso.
Não quero ter seis armários com roupas, mas queria ter no armário roupas que eu realmente usasse e isso não acontece agora.
Quero ter uma chapeleira na minha sala, ou uma cristaleira antiga.
Queria ganhar melhor.
Queria ser dona de boutique.
Queria casar todos os anos - com o mesmo marido.
Quero voltar a estudar inglês, francês e estudar espanhol. Eu gosto de fazer cursos e estudar.
Apesar de querer ter mais filtro, queria ter menos freios na vida. Sabe aquela pessoa muito preocupada, presa a convenções? Sou eu... É a velha culpa luso-cristã de que tanto falo. Muito azulejo.
Queria saber cozinhar muito, muito bem. Mas tenho que treinar pra isso.
Quero ser pra sempre uma pessoa pé no chão e altamente civilizada. E não quero ter aquela velha opinião formada sobre tudo.
Quero fazer terapia pra sempre.
Quero nunca deixar de me emocionar, de me alegrar, de me irritar. Quero chorar com comercial de margarina, quero ficar feliz com cada boa notícia, quero me irritar qdo dizer que funcionário público não trabalha. Não quero ficar anestesiada nem paralisada perante a vida.
Quero ser sempre carinhosa e sempre contar histórias pro meu filho dormir. Quem sabe cantar pra ele.
Quero sempre ser solidária.
Quero ser a cada dia mais inteligente,mais educada, mais legal, mais querida, uma fofa.
E mais que tudo, quero paz no meu coração.

7 comentários:

Andréa disse...

E eu quero que vc consiga tudo isso e muito mais.
Que post lindo.
Eu tava precisando ler uma coisa boa.
Obrigada.
E um super mega master blaster beijo.

Luzbela disse...

ola,
trabalho com vestidos de noiva, estou abrindo uma rodada de descontos com preços otimos para 1ª aluguel e venda.
pode me ajudar a divulgar?
depois faz uma visita la no meu cantinho, ok.
bjus flor

• déia musso • disse...

Nossa que post inspirador!
Adorei!
bzo e lindo fds =D

Sra. Mari disse...

como sempre amo seus posts e o jeito que vc escreve ... esse nao foi diferente. Amei ! Eu queria nao chorar tanto com comerciais de margarina .. sou muito manteiga derretida. rsss

Any disse...

Estou ansiosa pela viagem e pelas suas dicas!!!
Espero teu email:
marciany.souza@caixa.gov.br

Janinha disse...

Vc me deixou pensativa e filosofando sobre mais filtros e menos freios... acho que tb tinha q repensar isso.

Bjocas.

Narda Rafaela disse...

Adorei esse post.
Vejo que além de termos o mesmo signo, queremos muitas coisas iguais. rs
Beijocas