domingo, 10 de outubro de 2010

Círio parte 2

Eu não sou católica. Aliás, não sei que religião eu sou. Um dia eu me dizia espírita, mas acho que para merecer essa classificação eu precisava frequentar o centro espírita, fazer o evangelho em casa e estudar a doutrina. Mas não tenho feito nada disso, ao contrário, ainda obriguei meu filho a fazer catecismo na Capelinha de Lourdes, pq achava que ele precisava saber o que era Natal de verdade, além de presentes, Papai Noel e árvore de Natal. Só acredito no que a religião prega e nada mais.

Mas época de Círio é diferente. No Círio, a cidade toda cheira a maniçoba e tucupi. O preço do pato tá nas alturas. A cidade compra roupa nova e espera os parentes que moram fora e voltam pra terrinha. É época de amarrar no braço as fitinhas benzidas, fazer pedidos incríveis e ter certeza que eles serão atendidos quando a fitinha cair.
Nunca aceitei o fato de pessoas fazerem sacrifícios físicos pela fé. Sempre tive consciência que, se Deus é amor e perdão, ele não exige isso de nós. Mas um dos símbolos do Círio é justamente a corda, onde os promesseiros se esmagam durante o percurso da procissão. Mas mesmo não concordando, é impossível não se solidarizar, não se emocionar, não se contagiar pela fé alheia. E Círio é justamente isso, uma época de não fazer julgamentos.
É impossível morar em Belém e não se contagiar com a festa. A cidade toda tá numa vibe diferente, uma esfera de amor, de solidariedade, de compaixão no ar. Juro, parece loucura, mas o ar etá diferente, parece que tá mais leve.
Círio é muito mais que religião, Círio é cultura. Nessa época do ano existem uma série de rituais que já fazem parte do ser paraense. Sim, tem que fazer o pato no tucupi, tem que arrumar a casa, tem que comprar roupa nova, tem que fazer muitos pedidos e agradecer por mais um ano vivido.
Não consigo (quem sabe um dia) entender quem mora em Belém e não vive o Círio.

8 comentários:

Sra. Mari disse...

ai eu vi pela tv e achei tudo lindo !!! É tbem nao posso me dizer espírita pq nao frequento ... mas o que sei é que Deus está acima de todas as coisas !

Bom feriado !

bj

Bianca Bueno disse...

Nossa, não sabia disso. Vou ler o post abaixo e entender melhor que já vi que tem algo ali.

Não sou muito fã de religião, não. E o que elas ensinam sobre o Natal está totalmente equivocado, mas eu respeito. Sou das que entende que Cristo veio tirar a religião e unir tudo em volta do AMOR e não de doutrinas, mas já fui muitas vezes chamada de herege. Apesar de não ser favorável, aprendi que está dentro do ensinamento do AMOR respeitar a religião alheia. Eu não sigo nenhuma, mas me interesso pelo assunto. :)

Juh** disse...

Eu não tenho idéia do que seja mesmo o Cirio, moro no interior de São Paulo, e aqui não tem nada disso. Vejo alguma coisa pela tv.
Flor, meu blog ta fechado total, não esta vip não rs... vou dar um tempo e assim que eu decidir voltar a escrever eu te aviso! Por enquanto so estou com o blog de livros pq lá não falo da minha vida.
Beijos enormes

Ana Célia disse...

Adorei! sua discrição do Círio está perfeita. E eu, esse ano havia falado com Jones que iriamos passar o Cirio em BLM, pelo evento e por ser no dia do aniversário da minha sogra. Infelizmente, por tudo que passamos com a perda dela 4 meses antes, não deu. Jones ficou super emotivo. Mas, ano que vem, quem sabe....

jefhcardoso disse...

“Porque eu sou do tamanho daquilo que sinto”. Caí aqui de para quedas, Paola, mas sou o tipo de pessoa que não deixaria nunca de ler uma postagem em um blog com um nome tão sugestivo.
Olhe, sem babação, sei que já elogiei o nome do blog, mas sua postagem está demais. É que a maneira como você emite sua opinião e transparece o seu carinho e respeito pela tradição, mesmo não sendo uma devota, por assim dizer, é algo muito lindo. Parabéns mais uma vez, Paola. Paz, respeito e abraço!

Convido-te para ler algo em http://jefhcardoso.blogspot.com

“Para o legítimo sonhador não há sonho frustrado, mas sim sonho em curso” (Jefhcardoso)

Doc disse...

Paola, eu tb não tenho uma religião só ... ou melhor ... eu tenho a minha ... católica+espírita que eu acho que é a melhor combinação pra mim.
O que importa é se sentir em conexão com o divino não é??!!
Mas eu amooooooo as comemorações e a intensidade das festa de Belém !!!! Especialmente nas comemorações de Nossa Senhora Aparecida, da qual sou muito devota !
Adorei os posts relacionados!!
Aproveito para te pedir que anote o novo endereço do Blog da Doc ... porque eu precisei mudar.
Agora é www.freefoli.blogspot.com
Bjooo amiga!!!

Narda Rafaela disse...

Vontade enoooooorme de ter estado ao no Cirio.
Muita saudade da cidade nessa época, da comida, do clima... de tudo.
Amei o post.
Beijocas

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Bom ter uma pessoa como você, morando no Pará, nos trazendo essa celebração. Nunca participei de um, acredita? E sou católica.

Beijos