sábado, 6 de novembro de 2010

o triste caso da menina que não conhece o Brasil

A Ordem dos Advogados do Brasil, seção Pernambuco, entrou nesta quarta-feira (03/11) com uma representação criminal contra a estudante de Direito Mayara Petruso, que iniciou a série de ataques contra os nordestinos, logo após a vitória de Dilma Rousseff (PT) à presidência da República. A presidente eleita teve mais votos na região nordeste do Brasil.

Mayara, que se revoltou com o resultado da eleição, postou a mensagem “Nordestino não é gente. Faça um favor a SP, mate um nordestino afogado!". Depois dela, outros usuários postaram outras ofensas, como "Tinham que separar o Nordeste e os bolsas vadio do Brasil" e "Construindo câmara de gás no Nordeste matando geral".

Os nordestinos reagiram e levaram a hashtag "#orgulhodesernordestino" para os Trending Topics mundial, como o assunto mais discutido no Twitter.

“São mensagens absolutamente preconceituosas. Além disso, é inadmissível que uma estudante de Direito tenha atitudes contrárias à função social da sua profissão. Como alguém com esse comportamento vai se tornar um profissional que precisa defender a Justiça e os direitos humanos?”, questionou o presidente da OAB-PE, Henrique Mariano.

De acordo com Mariano, a estudante deverá responder por crime de racismo (pena de dois a cinco anos de prisão, mais multa) e incitação pública de prática de crime (cuja pena é detenção de três a seis meses, ou multa), no caso, homicídio.

As informações são de O Globo.

E aí que eu não queria vir falar aqui da Mayara Petruso. Eu nunca quis dar a esse blog uma conotação política. Primeiro pq acho um saco, segundo pq não tenho competência pra isso e muita gente tem falado dela por aí. Mas eu me senti particularmente ofendida.

Paulistas - e muitas vezes o resto do país abaixo de Brasília - confundem Norte e Nordeste e colocam tudo no mesmo saco. E por isso que eu, como legítima, orgulhosa e típica moradora do Norte senti que o recado foi pra mim tbm. Inclusive li os recados e vi que tinham um direcionados para Norte E Nordeste.

Muitas vezes, em SP, questionaram meu sotaque, pq não é parecido com o de Pernambuco e eles esperam que seja assim. Surpreendem-se pq o sotaque é parecido com o carioca, e que abuso, uma pessoa nortista falando como "um de nós do Sudeste". Já falei que era do Norte e perguntaram se eu era da Paraíba. Fora os absurdos de perguntarem se aqui a gente encontra com jacaré, cobra, sem tem prédio, shopping ou internet. E se a gente se locomove por cipós.

E vocês não tem noção do quanto isso me irrita.

Esse desconhecimento do próprio país, essa alienação, e o pior, a generalização me irritam.

Pq não tem só paulista trabalhador e inteligente, nem todos os cariocas são surfistas, Alagoas não fica na Bahia, cearense e bahianos são bichos diferentes, aliás tem bahiano que não gosta de axé, o que fica acima de Brasília não é tudo igual, nem todos os gaúchos tomam chimarrão e nem todos os Nordestinos votaram na Dilma.

Isso é muito chato. Que idéia infeliz teve a moça ao publicar que para fazer um paulistano feliz, dever-se-ia afogar um nordestino.

Aliás, Marcelo Rubens Paiva publicou um comentário interessante: "Se a liberdade é a essência da internet, a decência deve vir acompanhada". E acrescento a informação. Ngm pode dizer que não tem acesso a determinada informação com o google dando sopa por aí. O ódio cegou essas pessoas.

Não concordo com a eleição da Dilma, odeio o PT tanto quanto ela. Talvez até mais, o PT fez um governo péssimo no Pará. Mas a culpa de ela ter sido eleita foi do Amapá, do Pará (aliás, ela perdeu na minha cidade), de São paulo, do Ceará, de Santa Catarina e de todos os lugares onde ela obteve votos.

Brasil já é um país cheio de coisas ruins, o mínimo que a gente poderia fazer é dar as mãos ese unir. E não ficar nesse lenga-lenga ridículo sobre o que é mais e o que é menos Brasil.

Desculpem-me os meus amigos de São Paulo. Infelizmente, a posição da menina e dos outros 1037 tuiteiros constantes da lista encaminhada ao Ministério Público acaba por dividir e acirrar essas discussões desnecessárias. Sei que a opinião deles é isolada, tenho muitos, muitos mesmo amigos de SP, que eu amo de paixão e sei que não pensam dessa maneira. Mas é que não é a primeira vez que ouço asneiras dessa categoria, e isso vai irritando e embrutecendo.

Pronto, falei

3 comentários:

Andréa disse...

Que horror!
Eu ando tão desligada que não vi essa coisa toda.
Meu vovó é Sergipano e tenho o maior orgulho dele.
Se tem um cara decente nesse mundo é meu avó,pode acreditar.
Eu também não gosto do PT,fiquei chocada com a vitória da Dilma,mas daí generalizar a coisa dessa maneira é loucura.
Espero que eu seja uma das amigas paulistas de quem vc falou.hehe
Um beijo.

Alice disse...

Tá certíssima, Paola! Não sabia desse caso, mas achei um absurdo. E, infelizmente ele á só uma das muitas pessoas que pensam assim. Bobagem...
PS: adoro sotaques. rs tenho q tomar cuidado, senão começo a imitar sem perceber e a pessoa pode achar que estou debochando, rs.

Any disse...

Eu odeio pessoas que se acham melhores do q as outras...
Tenho horror a gente q acha q qd morrer vai virar pó de ouro, ou q o cocô vai sair douradinho, pq é melhor q os outros...
Qd vão entender q somos iguais? Podemos pensar diferente, mas esse pensamento não pode atingir a integridade do outro.
Uma pena essa garota se achar tão superior... Vai aprender da pior maneira que a vida não é assim...
Parabéns pelo texto!