sábado, 9 de abril de 2011

The pessimist is never disappointed

O pessismista nunca é desapontado.
Aquele que não crê nos outros também não.
Eu, que sou uma pessoa ingênua, que acredita em todo mundo, deveria até passar com mais frequência por essa sensação de decepção na humanidade. Mas até que não. Talvez pq escolha me cercar de gente legal.
Aí, quem se cerca de gente do bem, acaba estendendo essa qualidade pra todo mundo. Só que não é bem assim, não dá pra classificar todos dessa maneira, e hoje, infelizmente, risquei uma pessoa dessa minha seleta listinha.
To com raiva? To. Mas raiva passa. Pior é a decepção. Decepção, desapontamento, não acabam de uma hora pra outra. Demora até reconquistar a confiança. E tem vezes que a gente até sabe que essa árdua reconquista é possível e vence alguns receios pq vale a pena. To achando que não é o caso.
E o pior, é que tinham me cantado a história. Mas ainda assim, acreditei e fui em frente.
Ou seja, to chateada duas vezes: de ter dado crédito a quem não merecia e de não ter ouvido um anjinho que veio soprar no meu ouvido.
Mas é isso.
A vida segue. Só assim a gente aprende. 

3 comentários:

Any disse...

No final, Paola, o que importa é q as pessoas q nos amam de verdade, ficam ao nosso lado, pro que der e vier.
Bjs!

Sra. Mari disse...

é ruim ne ? Me decepcionei com duas pessoas ao mesmo tempo quando tinha 18 anos. Depois disso eu aprendi a falar não, e a ter os 2 pés atras com tudo e com todos. Passei de doce e meiga a ser chata e nervosa. Mas prefiro assim. Pelo menos não sofro tanto.

Fica bem ! Tudo acontece pra gente aprender ...

bj

Leo disse...

Triste é saber que nunca é tarde para se decepcionar por alguém...