quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Felicidade foi embora....


Eu tenho medo de algumas coisas. Mas tenho muito medo de quem põe no orkut, msn, blog, facebook, usa camisa, enfim, levanta bandeira de felicidade. Tenho medo de quem se anuncia como a pessoa mais de bem com a vida, mais feliz, mais alto astral, ou se identifica nos incontáveis perfis de redes sociais virtuais como "Fulana Super Feliz" ou outra frase equivalente e enche de estrelas, asteriscos, corações, badulaques. Se fosse possível, tenho certeza que colocaria neon, pisca-pisca, fogos de artifício. Mas se vc encontrar essa pessoa na rua, ela vai estar com aquelas tiarinhas de estrela (que a gente dá em brinde de casamento) escrito felicidade, pode apostar. Tenho medo de tudo isso.

Por dois motivos. O primeiro é que acho que quando a pessoa anuncia muito qualquer coisa quer se autoafirmar nesse quesito. Isso vale para qualquer aspecto, afinal, se vc sabe que vc é x ou y, não precisa dizer por aí aos quatro ventos. Vc é e pronto. Mas se precisa de autoafirmação é porque tá faltando alguma coisa. Na minha opinião, essa felicidade toda que anuncia é superficial. Se apertar um pouquinho, vc encontra choro, dor, carência, insatisfação. O que é plenamente normal. Eu me considero uma pessoa feliz, mas sou cheia de neuras, dúvidas, angústias. Mas tem gente que não é assim, é feliz e pronto, com tudo o que a felicidade dá direito, nada menos: beleza, amigos, amor, música alta, velocidade, energia.

Energia! Muita energia! Não posso falar de felicidade sem falar em energia. Pq não tem ser que não seja feliz que não pareça que tomou 10 red bulls quando acordou. Vc não pode ser feliz e ser calma. Tem que ser elétrica, entusiasmada, maquiada e sempre em cima de salto alto pra ir pra balada. Não pode ser feliz e dormir a tarde toda de domingo numa rede olhando o mar. Tem que estar no barzinho, no shopping, viajando, enfim, ocupando a mente. Mas eu acho que esse é o segredo de tamanha felicidade: manter a mente ocupada. Essas pessoas felizes têm tantas atividades que não têm tempo para pensar nas suas amarguras. Nesse ponto, particularmente, não posso dizer que elas não têm razão. Melhor do que gente que reclama da vida, mas fica olhando o tempo passar o dia todo.

O segundo motivo é mais supersticioso: eu acredito piamente em energia, especialmente em energia negativa. Aquela frase que de vez em quando leio nessas mesmas redes sociais, que inveja tem sono leve, para mim é totalmente verdadeira. Acho que sempre tem um mal amado, mal resolvido, mal pago para sentir inveja do carro que vc comprou financiando em 36 vezes, da viagem que vc economizou o ano inteiro para fazer, do filho que te dá um trabalhão para educar ou do seu casamento, que só vc sabe o sacrifício que é para manter.

Casar, educar, pagar não é fácil, e quem consegue, consegue a duras penas (fora um ou outro milionário que não sabe o que é isso). Mas tem gente que não consegue fazer e nem reconhece seu esforço e acha que vc não merece passar porisso. Que ele sim merece, pq sua todo dia a camisa. Bem, se a vida fosse justa, eu seria herdeira, nãoé mesmo? Mas que eu acredito que energia ruim pode acabar com grandes planos, ah, isso eu acredito.

Bem, se eu pudesse dar um conselho para alguém, diria para guardar sua felicidade só pra si. Dentro de uma caixinha, embaixo da cama, assim, bem escondida. Para ninguém tomar de você. Para que ninguém duvide dela. E para que ela fique lá para sempre.


9 comentários:

Sra. Mari disse...

ham ham ... por isso que vez ou outro eu desabafo no blog, pq eu não sou perfeita e muito menos sou feliz todos os dias.

Bj

Juh** disse...

Concordo Paola, e sou da opinião que por melhor que seja sua vida, ninguem é feliz 24h por dia neh?
Então não precisa ficar fazendo "média". Eu me considero feliz, mas tem dias que eu tenho vontade socar alguem... rs.
beijos

Vanessa Santos disse...

Concordo plenamente, ninguém precisa anunciar que está feliz o tempo todo, até porque isso não existe!!!

Beijos

Luciana disse...

Olá, achei teu blog por acaso e me identifiquei muito com vc...rsss. Menina, tenho tanto medo dessas pessoas super, super... tenho uma "colega" assim e sinto que a energia dela, ao contrário do que deveria ser, não é muito legal, não, rsss Beijo e apareça para me visitar!

Luciana disse...

Esqueci de dizer que fiquei encantada com a festa de casamento de seus amigos. Tudo perfeito! Imagino o romantismo do momento em um cenário daqueles... acho que iria querer casar de novo também!!!! Rss

Julie disse...

Oi PAola,

Estou voltando aos poucos e não pude deixar de registrar aqui que concordo 100% com sua palavras. Amei o seu jeito de expressar isso, super doce, super leve!

Um beijo carinhoso!

Patty Magno disse...

Nossa amiga profundo, vou até mudar a primeira frase da minha última postagem....

Alice disse...

Paolaaaa, APLAUSOS!
Amei o texto. Não só está bem escrito como concordo com o conteúdo.
É aquele velho ditado: ninguém É feliz, a pessoa ESTÁ feliz. Afinal, felicidade é o caminho, não o destino final. E em todo caminho há obstáculos. bjs

Alice disse...

Paolaaaa, APLAUSOS!
Amei o texto. Não só está bem escrito como concordo com o conteúdo.
É aquele velho ditado: ninguém É feliz, a pessoa ESTÁ feliz. Afinal, felicidade é o caminho, não o destino final. E em todo caminho há obstáculos. bjs