segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Minha experiência como mesária

Ontem foi o segundo turno das eleições e eu, mais uma vez, estava lá como mesária. Esse turno foi bem mais tranquilo, as urnas não quebraram, não se formaram filas e eu e minha galera legal (os outros mesários) ficamos mais tempo ainda conversando. Acho que chamamos atenção de tanta sintonia que tivemos "de cara". O povo da seção da frente, então, deve ter se roído de inveja, pq eles mal conseguiam trocar um "oi, td bem?".
Cheguei a conclusão, antes de qq coisa, que nós, mesários, que estamos na linha de frente, deveríamos ter sido melhor treinados. Cada seção procede de um jeito e adota deteminadas regras, o que eu acho que não pode, que em todas o procedimento deveria ser o mesmo. Por exemplo, no caso da nossa seção, resolvemos que iríamos deixar o eleitor votar antes e depois de sair da cabine, ele assinava e nós entregaríamos o comprovante. Vai que ele chega lá dentro e não vota?. Tbm fomos orientados a não deixar criança entrar na cabine de votação com os pais e obedecemos isso. Mas teve mãe que reclamou, pq a filha pode votar com o pai e não podia votar com ela. Enfim...TSE precisa investir na padronização dessas regras. Pelo menos é o que eu acho.
Saí menos cansada que no primeiro turno. No primeiro turno, dormi as 8:30 da noite, tamanho meu sono. Ontem consegui ainda ter uma vida após a eleição.
Nós, ainda, tivemos uam abstenção alta, faltaram 108 pessoas de 421 eleitores cadastrados. Como hoje é mezzo-feriado em Belém, tenho certeza que mta gente não votou pq ia viajar. Então, ou poderiam tornar o voto não -obrigatório (sou contra o voto obrigatório e o índice de abstenção só me confirma isso), ou poderiam tornar as hipóteses de justificativa mto mais restritas.
Enfim, no fim das contas a experiência foi positiva e eu ganhei 6 dias de folga!
beijos

7 comentários:

Noiva Mari disse...

Que legal que sua experiencia foi boa. Apesar de ficar cansada eu gostava da minha epoca de mesaria. Trabalhei desde quando tirei meu titulo ( 16 anos), teve até o voto sobre as armas ... aquele foi o pior, todo mundo xingando e votando.
Uma loucura..
bem... 6 dias de folga sao perfeitos ne ??

boa semana

bj

Bruninha e Leandro disse...

OI queridaa

Pra entender a história vc tem q voltar os posts anteriores e ver os primeiros capítulos, espero q ac

Waleska disse...

Hauahua, agora eu vou é me filiar ao PV pra nunca mais ter que trabalhar nas eleições!!!


Mas tipo, cada presidente tem autonomia pra decidir o que quiser na seção, lá no meu "colégio" tinha presidente que não aceitou sequer xerox de documento (eu aceitaria, mas enfim...rsrs) o pior é que as pessoas sempre viam reclamar achando que nós supervisores tinhamos autonomia pra mandar no presidente....
Já em outras seções as pessoas estavam votando so com o titulo sem documento com foto... Vai enteder...

Muriele Binow disse...

Nossa que legal 6 dias em casa, é muiot bom, tenha uma otima semana, bjokas!

Alyne Frazão disse...

Olá Paola,

tb trabalhei nas eleições e realmente o 1º turno foi bemmm complicado (no meu caso então, a urna ficou três horas e parada e qnd trocaram ainda parou mais 3 vezes), já no 2] td correu bem. Agora 1 pergunta, são 6 folgas ? Pensei q fossem 4, q maravilha...
Bjs e boa semana

Alyne Frazão disse...

Olá Paola,

tb trabalhei nas eleições e realmente o 1º turno foi bemmm complicado (no meu caso então, a urna ficou três horas e parada e qnd trocaram ainda parou mais 3 vezes), já no 2] td correu bem. Agora 1 pergunta, são 6 folgas ? Pensei q fossem 4, q maravilha...
Bjs e boa semana

Binha disse...

Que bom que foi tranquilo.
Beijos..