domingo, 19 de abril de 2009

De volta


Aí que a Nina voltou. Os exames de sangue deram normais, isso significa que ela não estava com babese ou erlichia, que são doenças transmitidas pelo carrapato e mto graves. Provavelmente ela teve só uma infecção gastro-intestinal. E provavelmente por causa de um ovo de páscoa que ela roubou do João. Mas não ficou certo, certo. Essa é a principal suspeita.

Ontem levamos ela pra casa dos pais do Leo e ela até que se divertiu, correu pelo quintal, fugiu pra rua, subiu escadas, fez xixi na cozinha, enfim, as tolices de sempre. Mas num ritmo bem menor.

Hoje ela está quietinha, comeu pouco, dormiu mto e não atende aos meus chamados com o entusiasmo de sempre, o que está me deixando um pouco preocupada. Cheguei a dar comida na boca dela. E acho que agora vou comprar uma água de coco.

Sei que todo mundo fica um pouco abatido depois de uma internação e to querendo acreditar que e só isso. Afinal, foram dias difíceis para sua curta vida canina. Ou longa se considerarmos que os anos não passam do mesmo jeito pros cães. Na tabela que acabei de achar aqui ela tem 32 anos!

Enfim, ainda to observando.

Mas fiquei pensando, "como a gente se apega nessas pestinhas?". Claro que não é como se o João estivesse doente. Mas é um grau abaixo. Era pra ser só um bichinho pro JL brincar. E virou o segundo centro das atenções.

Td por causa desses olhos grandes, orelhas dobradas, e jeitinho eterno de bicho de pelúcia. Acho que todo ser humano merece um cachorro pra chamar de seu.

7 comentários:

casa da poesia disse...

bom!...e para ti...

"the flowers are all right"...!?...

Bibi disse...

Ela vai ficar boa, sim!!! Tive um miau que ficou dodoizão, internou e tudo! Agora tá bonzão!

Noiva Mari disse...

Ahhh 99% de certeza que foi culpa do ovo de pascoa que ela pegou do joao ! rsss
Mas que bom que ela voltou e vai ficar toda serelepe logo logo !

bjo

Marcele disse...

Paola sua filhotinha logo, logo vai tá aí fazendo bagunça pela casa !
Bjo !

Fernanda disse...

Paola, espero que sua dog fique melhor logo... me lembro quando meu dog sofreu com a mordida de um dog na rua... foi ali naquele instante que eu mudei a minha profissão. :)

Beijos,
Fer.

Any disse...

Eu tenho medo de cachorros. Trauma de infância. Mas admiro quem tem e cuida do bichinho. São seres vivos e merecem carinho! Td vai dar certo!! Parabéns por cuidar dela tão bem! Bjs!

Lena Vieira disse...

Paola,
como ela esta???me deu um aperto no coração passei por isso..o meu já esta de volta..Tudo vai ficar Bem
bjs